controle de pragas

Você é daquelas pessoas que se preocupa com o controle de pragas apenas no verão? Fique atento: as pragas não desaparecem no inverno! Saiba mais!

Quando o inverno chegar, o controle de pragas eu posso abandonar“. Será? Melhor não! A frase até rimou, mas não combina com o modo que você deve agir contra as pragas.

Por mais que as pragas urbanas diminuam durante a estação mais fria do ano, os cuidados não podem parar. Algumas espécies, como os cupins, se proliferam neste período. E não é só eles!

Continue a leitura e saiba quais pragas são mais comuns no inverno e como manter o controle delas.

Controle de pragas: motivos e prevenção

A infestação de pragas urbanas no inverno acontece pelos mesmos motivos das outras estações:

  • Má conservação, armazenamento e acúmulo de alimentos;
  • Desequilíbrio ecológico;
  • Lixo a céu aberto ou lixeiras mal fechadas;
  • Falta de predadores naturais;
  • Ausência de saneamento adequado;
  • Umidade excessiva.

A prevenção contra a proliferação das pragas passa por algumas ações que você pode tomar. Entretanto, se mesmo depois de tomar as medidas indicadas, as pragas aparecerem, a melhor decisão é chamar uma empresa de dedetização. Preste atenção nas medidas:

  • Verifique se há poeira nos móveis e cômodos da casa;
  • Deixe os ambientes bem arejados;
  • Faça reparos nas infiltrações;
  • Conserve os alimentos em locais fechados;
  • Descarte o lixo corretamente;
  • Observe os móveis e peças decorativas de madeira;
  • Mantenha o jardim limpo e a grama bem aparada;
  • Evite o acúmulo de entulhos;
  • Limpe as calhas e vasos de plantas.

Como a incidência de pragas urbanas é menor no inverno, esta também é uma boa época para adotar medidas de prevenção e diminuir as chances delas aparecerem no verão.

Portanto, não abandone o seu controle de pragas no inverno. Tenha este controle de forma integrada e utilize o melhor sistema de ações preventivas e corretivas. Desta forma, você irá conseguir eliminar as pragas, manter a higiene, economia e sustentabilidade da sua empresa, indústria ou residência.

Importante: além das ações preventivas, consulte uma empresa especializada no controle de pragas. Somente ela poderá identificar qual – ou quais – praga está no seu caminho e como combatê-la de forma eficiente.

Controle de pragas: espécies mais comuns no inverno

O controle de pragas no inverno não pode parar. O motivo? São esses:

  • Cupins;
  • Baratas;
  • Ratos;
  • Escorpiões;
  • Morcegos;
  • Moscas e mosquitos.

Esse “time” de pragas urbanas fica presente em diversos lugares durante o ano inteiro. Mesmo em números reduzidos, se compararmos ao verão, esses “maus elementos” podem representar riscos de infestação.

O que acontece com as pragas no inverno

Pragas urbanas, principalmente os insetos, passam por um processo muito parecido com a hibernação, conhecido por diapausa. Neste período, é comum que ocorra uma redução natural das atividades do metabolismo destes insetos. O que representa uma diminuição também do apetite deles e os deixam em estado de “repouso”.

É neste momento que as pessoas costumam se enganarem quanto ao “sumiço” das pragas e relaxam nas ações preventivas e na higienização. Um grande erro, como você acabou de ler!

Lembre-se: o controle de pragas e a prevenção devem permanecer durante o inverno. Assim você evita uma infestação e diminui as chances de um verão cheio de incomodações.

Gostou do conteúdo? Esperamos ter lhe ajudado! Aproveite para solicitar um orçamento grátis para um controle de pragas eficiente. Clique aqui!